Em frente, vamos!.

EM FRENTE, VAMOS! Com presença, serenidade e persistência, há boas razões para esperar que isto é um bem...

domingo, 6 de julho de 2008

Festival Jota, um outro itinerário das Bem-Aventuranças

O Festival Jota é uma oportunidade de encontro de Verão, tantas vezes falado, durante imenso tempo sonhada e finalmente concretizada com a tenacidade e audácia do Departamento da Pastoral Juvenil da Guarda e da Banda Jota – que bem sabemos ter a “alma mater” neste serviço aos jovens da Diocese!

Por isso, chega-se ao Paúl por duas vias, idos de Portugal inteiro (e Espanha, porque não?): pelas sendas da montanha e pela mensagem que se partilha, que se vive!

As sendas da montanha!

Há nas terras da Guarda uma simbólica própria, que pode ser fortalecida com mais dois F: Forte, Farta, Fria, Fiel, Formosa e Fortalecimento da Fé!

O Festival Jota vem acrescentar, ao ritmo da primeira evangelização, a novidade, neste âmbito pastoral (há outros, sem dúvida, mas este é de um alcance muito diferente, na comunhão das diversidades em Portugal). Os caminhos para o Paúl são assim novas sendas de fortalecimento da fé dos Jovens e nos Jovens! Sim, a fé nos Jovens!

A mensagem!

Ali, na montanha, os jovens acampam para comungar uma mensagem universal!

Um acampamento que tem tudo para se viver mas no qual se procura outros caminhos de vida. É assim, no sermão da montanha. A multidão subiu ao monte e, acampa aos pés de Jesus, porque vê mais longe com Ele! No Festival Jota também!

Novas letras, nova musicalidade, novos rostos mas uma conjugação na mensagem universal: a música e a Boa Notícia: “sereis minhas testemunhas”, porque não!?

E como é bela a montanha que se apresenta à frente de todos os que têm a nobre tarefa de dinamizar os jovens! Nesta montanha canta-se felizes os que não cessam de cantar, por palavras e obras, o que vive o coração! Felizes os que, apesar das dificuldades, não cessam de continuar a inventar novos itinerários de pastoral juvenil!

O Festival Jota 2008, também porque é depois de 2007, é de uma beleza de conteúdos excepcional. Devo lembrar a ousadia, a persistência, a coragem?

Para subir esta Montanha é preciso acreditar muito!

E pelo que é dado constatar, a tenacidade na subida é testemunho grandioso, porque, mesmo sem ainda o terem visto, acreditam que, chegados lá acima, há um novo Horizonte para os Jovens de Portugal!

Em 2007, já se rasgou uma nesga no horizonte! Não foi suficiente, claramente que não! Por isso, volta-se lá porque ficou algo por acabar?! Quem sabe?!

Poder-se-á sempre voltar ao Paúl… desde que não seja, no itinerário que jovens clamam incessantemente na acção, na reacção, na inacção, para partir, em cada ano, do sopé da montanha! É necessário, urgente até, ir, ano após ano, um pouco mais para a frente pela montanha acima!

Felizes os que acreditam, porque é claro, o Festival Jota é um outro itinerário das Bem-Aventuranças!

M. Oliveira de Sousa

Nenhum comentário: